sábado, 7 de novembro de 2015

Evidências da ressurreição de Jesus Cristo (#‎AlfabetizaçãoPolíticoCientífica‬)


[Escrito no facebook aos 2 de novembro] #‎BomDia‬ Hoje, dia dos que já morreram, venho eu lhe fazer raciocinar sobre morte, ressurreição, Jesus Cristo e ciência!


Que Jesus existiu e morreu isto é fato histórico. Mas, Ele ressuscitou? O método científico historicista sugere que SIM, muito embora não muitos da comunidade científica estejam interessados em investigar o tema.

Por quê? Simples: a existência, a morte e a RESSURREIÇÃO de Jesus colocaria em xeque o estilo de vida rebelde de crentes e descrentes, e quem gosta de ter sua liberdade questionada? Bom, se você é um seguidor de Cristo, como eu, sua liberdade é definida pelo que Ele diz e não pelo outros dizem, certo? No entanto, a ciência materialista e os professores que educam nessa direção não pensam assim e influenciam seus adeptos a viverem de modo a ignorar as claras evidências da ressurreição (e de outros milagres como a origem da vida, da Matemática e do universo) e suas implicações! (Se Jesus é real, o Gênesis bíblico é real, a criação é real, o casamento heterossexual e monogâmico é real, os 10 Mandamentos originais são reais, o pecado é real e o Plano da Redenção da humanidade é real, culminando com a vinda de Cristo em breve! Uau, quantas implicações negativas para quem opta por ser deliberadamente libertino, hein?)

Só pra você ter uma ideia do que estou falando:

“Creio na evolução não porque haja evidência coerente, mas porque é a única alternativa à Criação” (D. Watson, professor de Evolução, Universidade de Londres).

“A evolução não é provada e é improvável; acreditamos nela porque é a única alternativa à Criação, que é impensável” (Arthur Keith, antropólogo).

“Não quero crer em Deus. Assim, escolho crer no que sei ser cientificamente impossível: evolução” (George Wald, prêmio Nobel, Harvard).

“A razão de nos lançarmos sobre a Origem das Espécies é que a ideia de Deus interfere com nossos hábitos sexuais” (Julian Huxley, Unesco).

Então, querido(a), se você segue a Jesus, vou te dar razões científicas para fazê-lo de modo coerente. Se você ignora Jesus, vou tirar suas desculpas.

" [O] modo cético de pensar alcança sua culminação no argumento de Jesus, enquanto um ser humano, jamais existiu e tudo não passou de mito [...] Porém, acima de tudo, se nos dedicamos ao Novo Testamento deveríamos aplicar os mesmos tipos de critérios de investigação que usamos para escritos antigos contendo material histórico. Hoje não podemos mais rejeitar a existência histórica de Jesus como também não podemos rejeitar uma multidão de personagens seculares cuja a realidade histórica jamais pode ser questionada. Certamente, existem todas aquelas discrepâncias entre um evangelho e o outro . Mas nós não negamos, por exemplo, que um evento tenha realmente acontecido apenas porque Tito Lívio ou Políbio parecem tê-lo de maneira diferente [...] Hoje nenhum acadêmico sério se aventuraria a postular a não historicidade de Jesus" (Michael Grant, 1977; este cidadão era ateu confesso...).

"Se Cristo não ressuscitou dos mortos, o longo curso dos atos redentores de Deus para salvar Seu povo termina numa rua sem saída, numa tumba. Se a ressurreição de Cristo não é uma realidade, então não temos nenhuma segurança de que Deus é o Deus vivo, pois a morte tem a última palavra. A fé é fútil porque o objeto dessa fé não vindicou a Si mesmo como o Senhor da vida. Se Cristo está, de fato, morto, a fé cristã, então, está encarcerada numa tumba juntamente com a suprema e mais elevada autorrevelação de Deus em Cristo” (George Eldon Ladd, 1974).

Isto é só a ponta do iceberg. Te dou três vídeos com detalhes históricos e arqueológicos capazes de varrer a ignorância e a teimosia de qualquer mente disposta a aprender:

Evidências da ressurreição (com o pesquisador Dr. Rodrigo P. Silva):

Um forte abraço e sugiro a você que encare a morte com esperança, pois Jesus prometeu a ressurreição de Seus filhos e, diferentemente do blá blá blá de muitos políticos, Ele mesmo ressuscitou!

Por Hendrickson Rogers via facebook.

(Confira uma segunda parte desta pesquisa AQUI.)

Compartilhe com os seus o que lhe interessa!

PDF e/ou impressão:

Print Friendly and PDF
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Envie este artigo para seus seguidores!

Locais dos Estudantes de hoje:

podcasting